O que seria da vida se não fossem os desafios?

Eu, Ediene Garcia Ferreira hoje aos 30 anos, recebi aquele que seria o maior desafio de minha vida aos 21 anos. Fui diagnosticada com Diabetes Mellitus tipo 1, no meu primeiro ano de faculdade de Fisioterapia. No primeiro momento veio a pergunta: E agora como será? Desafiador no início conviver com as picadas diárias de insulina e verificações de glicemia, a contagem de carboidratos em todas as alimentações e as tão temidas hiper e hipoglicemias. Os anos vão passando e aprendemos a conhecer nosso corpo e nosso tratamento se torna uma rotina a qual se tirassem de mim não sei como seria.

Eis que  fico sabendo de uma conceituada corrida de revezamento em Florianópolis, com distância de 140 Km, onde uma equipe formada apenas de DM tipo 1, estava precisando de um integrante. Ora, porque não enfrentar mais este desafio? Mas você corre? Não, mas posso começar a treinar e quero sim participar…

E assim surgiu a vontade de me dedicar e iniciar meus treinos para participar junto com a equipe Diabetes&Desportes/ADJ do 22° Revezamento Volta a ilha, que ocorreu no dia 8 de Abril em Florianópolis.  A equipe foi formada por 10 atletas de 5 estados brasileiros, aos quais acabei conhecendo todos no dia da prova.

Demos largada as 04:30 da manhã e concluímos nosso 140 Km com duração de 15:18. Foi um dia de troca de experiências e pude sentir um pouquinho da emoção de cada trecho com cada descrição de meus colegas de equipe, e olha que equipe viu! Pessoas que foram para mim um grande exemplo e pelo qual absorvi muitas informações para a vida. Me deram total apoio no meu trecho que foi a praia de Jurere, incentivando a menos experiente da equipe.

O mais legal dessa experiência, é saber que podemos tudo que quisermos sim, só basta ter dedicação e disciplina e que o Diabetes não nos limita, e sim nos torna vencedores diariamente na luta por uma boa qualidade de vida. Correr para mim se tornou uma atividade prazerosa e que quero continuar treinando e me dedicando para participar de novas corridas e continuar vencendo os desafios dessa vida.

Share